Seu navegador não suporta ou está com o JavaScript desabilitado, por conta disso, pode ocorrer falhas nesse site.

Jundiaí registra novo aumento na abertura de empresas

05/10/2020

O número de abertura de empresas em Jundiaí registrou aumento de 37% em relação ao mês anterior.

Segundo dados da Prefeitura de Jundiaí, em setembro foram 618 aberturas (inscrições gerais) contra 448 em agosto. O número de número de abertura de MEIs também subiu e foram 333 MEIs em setembro e 210 em agosto.  “Se analisarmos os dados desde janeiro, setembro foi o mês com o maior número de abertura e isso é muito bom”, afirma o presidente da Associação Comercial Empresarial (ACE) de Jundiaí, Mark William Ormenese Monteiro. “Mostra que a economia do País está retomando gradualmente, inclusive em Jundiaí.”

Já o número de fechamentos em agosto foi 181 e em setembro, 110. Neste caso, o presidente acredita que pode ser maior mas ainda não estão oficializado. “O fechamento de uma empresa envolve custos e burocracia. Muitos empreendedores optam por fechar as portas e formalizar o encerramento um tempo depois.”

Estado de São Paulo

O saldo positivo de aberturas também foi registrado em todo o estado de São Paulo. Segundo anúncio do Governador João Doria, em setembro houve novo recorde histórico, com 23.205 novos cadastros de pessoas jurídicas, somando-se os números dos 645 municípios paulistas.

Esta é a maior marca alcançada desde 1998, ano em que foram iniciados os levantamentos da Junta Comercial do Estado de São Paulo (JUCESP), órgão vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Econômico e responsável pelos registros mercantis no Estado. Segundo ele, esta é a quinta alta seguida na abertura de empresas em São Paulo desde abril, período em que foi perceptível a desaceleração devido aos impactos econômicos da pandemia do coronavírus. O registro mais recente supera o mês de agosto, quando foram realizadas 22.825 novas constituições empresariais, número que já havia sido o maior em 22 anos.

A JUCESP também registrou o menor número de encerramentos de empresas nos últimos dois meses, com 9.859 baixas. Com isso, o estado contabiliza o maior saldo líquido anual: 13.346 novos CNPJ’s. Comparado ao mês anterior, o saldo é 14,9% maior, com 11.614 cadastros encerrados. O aumento chega a 29% na comparação com setembro de 2019, quando foram abertas 10,3 mil empresas.

Foto: Divulgação/Pixabay

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *