Seu navegador não suporta ou está com o JavaScript desabilitado, por conta disso, pode ocorrer falhas nesse site.

Diretor da ACE orienta consumidor para a compra de material escolar

24/01/2020

IPVA e IPTU não são os únicos gastos que consomem o orçamento familiar no início do ano. A compra de material escolar também é uma das grandes preocupações das famílias nesta época.

Para as pessoas darem conta de pagar tudo e não ficarem no vermelho logo no início do ano, o diretor da Associação Comercial Empresarial (ACE) de Jundiaí, Pedro Braggio, dá algumas orientações. Segundo ele, que é educador financeiro, primeiramente os pais devem conversar com os filhos antes de irem às compras. “Faça as crianças entenderem que muitas coisas podem ser reaproveitadas como lápis, borracha e por que não as mochilas?”, afirma.

Segundo ele, a pesquisa de preços também deve ocorrer porque sempre há diferenças entre os valores praticados pelos estabelecimentos.  “Na hora da compra, o ideal é o pagamento à vista. O consumidor pode conseguir bons descontos. Se tem dinheiro na mão, você é rei“, brinca Pedro.

No caso dos livros, vale a pena ir em busca de pais de alunos mais velhos que podem vender o material por um preço mais acessível. Pedro lembra que há também livrarias online que efetuam troca e paga-se apenas a diferença de valor. “Além de ser uma boa economia, os pais mostram aos filhos que os livros podem ser reaproveitados. Esta é uma boa oportunidade para abordarem em casa alguns conceitos de sustentabilidade.”

Planejamento

O “sufoco” financeiro que muitas famílias passam com despesas de início do ano têm um motivo, segundo o educador financeiro:  a falta de planejamento. “Planejar os gastos é a forma mais correta das pessoas honrarem seus compromissos sem deixarem pendências para o futuro”, diz.

Pedro lembra que o pagamento destas despesas são recorrentes. Mas se a família não faz planejamento financeiro, sempre depara-se com surpresas. “As pessoas devem criar o hábito: a partir de todo mês de janeiro separar uma quantia do orçamento mensal para pagar estes tipos de contas como material, IPVA e IPTU. Guarda um valor por mês e no início do ano que vem, pega o dinheiro e quita as despesas à vista.”

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *