Seu navegador não suporta ou está com o JavaScript desabilitado, por conta disso, pode ocorrer falhas nesse site.

Diálogo entre ACE e forças policiais contribuem para o aumento de segurança no município

12/05/2021

A Associação Comercial Empresarial (ACE) de Jundiaí vem intensificando o diálogo com representantes da Prefeitura e das forças policiais do município para solicitar mais segurança em centros comerciais da cidade. O número de operações em pontos críticos do município vem aumentando a pedido da entidade e resultando em ações como captura de procurados pela Justiça, atendimento a moradores de rua e aumento de rondas ostensivas.

O presidente da ACE, Mark William Ormenese Monteiro, explica que ao assumir a entidade, em 2020, intensificou este diálogo para levar as demandas do comércio e solicitar ações para aumentar a segurança das pessoas e das empresas da cidade. “Sempre fomos muito cobrados por ações em prol da segurança dos estabelecimentos e acreditamos que o trabalho em conjunto traz bons resultados”, afirma.

Mark cita como exemplo uma ação conjunta realizada em fevereiro, na região da Ponte São João, com participação da Fiscalização do Comércio, Guarda Municipal e Polícia Militar do 49º BPM/I, que fechou comércios irregulares de reciclagem.

Em documento enviado ao presidente da ACE, a Gestora de Segurança Municipal, Carla Basson, diz que as ações de presenças ostensivas são feitas em toda a cidade, mas a GM não perde o foco de áreas mais cautelosas como a região Central e Ponte São João, locais onde foi implantado o projeto Bairro Seguro, em 2018.

Neste projeto, que visa aproximar GM, população e comerciantes, os guardas atuam de forma fixa nos pontos comerciais e ainda contam com o auxílio de câmeras monitoradas em tempo real pelo Centro de Controle Operacional.

Segundo ela, de setembro de 2020 a abril de 2021 foram realizadas 250 operações nesta região, que resultaram na captura de cinco procurados pela Justiça, atendimento a 20 pessoas em situações de rua e 10 atendimentos do programa Guardião Maria da Penha.

Já na semana passada a Polícia Militar prendeu criminosos com o apoio do Sistema Detecta, que foi implantado em Jundiaí pela Associação Comercial e atualmente trabalha integrado ao OCR da Prefeitura de Jundiaí . Pelo sistema de monitoramento, que tem câmeras que identificam se o proprietário ou o veículo tem algum tipo de registro criminal, a polícia chegou até uma quadrilha que furtava motos em Jundiaí, Itu e Indaiatuba. O nosso sistema colabora

Também por meio do Detecta a polícia prendeu infratores após uma tentativa de furto no Anhangabaú, na última quarta-feira. “Este é o resultado da união entre a sociedade civil com as forças de segurança. Esta parceria é de extrema importância para melhorar a segurança no município”, afirma Mark.

Mark observa que o esforço agora é para que o Poder Judiciário dê continuidade ao trabalho realizado pelas forças de segurança na cidade. “De nada adianta a polícia prender quem pratica o delito e logo depois a Justiça mandar soltar. Ou seja, o Judiciário precisa entender quem são estas pessoas que constantemente cometem os delitos e deixá-las presas efetivamente.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *