Seu navegador não suporta ou está com o JavaScript desabilitado, por conta disso, pode ocorrer falhas nesse site.

Empresários revelam os benefícios do Revolução ACE

12/03/2019

A empresária Patrícia Maria de Aquino, da Empadinha Caseira, no mercado desde 2007, sempre soube que precisaria implantar metas e controlar números em sua empresa, que hoje possui três lojas espalhadas por Jundiaí. Mas ela nunca colocou esta ação em prática.

O projeto saiu do papel nas últimas semanas, depois que Patrícia começou a participar do projeto de educação comercial, Revolução ACE, promovido pela Associação Comercial Empresarial de Jundiaí (ACEJ), com coordenação do diretor de negócios, Murilo Bronzeri. “Participar deste treinamento está sendo sensacional”, disse. “A primeira coisa que já mudei na empresa foi definir metas.  Agora também transformo tudo em números: o funcionário não atingiu a meta? Por que? Quanto faltou? Agora tenho números para justificar tudo.”

No treinamento desta semana Murilo ressaltou a importância do roteiro de vendas e mostrou que há uma sequência que os vendedores devem seguir para conquistar os clientes:   Sentimento de pertencimento – confiança na competência; conscientização dos benefícios do produto ou serviço; produto ou serviço  e, por último, fal-ser de valor e preço.

Patrícia, que levou sua supervisora, Valdeilda Dionísio Ferreira, para assistir ao tema, saiu empolgada da ACE com tudo o que ouviu. “Quero colocar tudo em prática para fazer o cliente virar as costas e já querer voltar.” O mesmo ocorreu com Val. “Saí com vontade de dar um show para vender empadas”, brincou.

Esta sequência de vendas também chamou a atenção do gerente de vendas Francisco Roberto Teixeira Peres, da Marfilínea, que nesta semana assistiu ao treinamento do Revolução ACE acompanhado da executiva de contas da empresa, Márcia Monteoliva. O tema serviu de alerta e eles perceberam que a equipe da empresa está seguindo a sequência mas de forma errada e vão corrigir a falha. “Aprendemos muita coisa com o Murilo e já tivemos crescimento na área comercial”, disse ele. “Aplicamos métodos novos, estimulamos o desejo de mudanças na equipe e agora estamos buscando quem são os clientes e como chegam até nós.”

Além de Patrícia e Francisco representantes de outras 19 empresas participam do projeto, que ocorrerá semanalmente na ACE, até dezembro.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *