Seu navegador não suporta ou está com o JavaScript desabilitado, por conta disso, pode ocorrer falhas nesse site.

Dia das Crianças deve aumentar 2,5% nas vendas

09/10/2018

As vendas do Dia das Crianças devem crescer em torno de 2,5% em relação ao mesmo período de 2017, segundo a área de Indicadores e Estudos Econômicos da Boa Vista SCPC. Se confirmar, o movimento do comércio na data deve registrar resultado positivo pelo segundo ano consecutivo, após as quedas observadas em 2015 e 2016 (-3,4% e -4,2%, respectivamente).

O crescimento de 2,5% previsto para 2018 deve ser ligeiramente inferior aos 2,7% registrados no ano passado. Segundo os economistas da Boa Vista SCPC o motivo é o alto nível de desemprego e a queda da confiança do consumidor. Ainda assim, é positivo, segundo o presidente da Associação Comercial Empresarial de Jundiaí (ACE Jundiaí), Elton Monteiro. “É um bom índice considerando o atual cenário econômico do país, que vem mantendo um ritmo mais lento de recuperação”, afirma. “O Brasil ainda atravessa um período de incertezas e deve permanecer assim até a definição do futuro presidente. Neste momento, qualquer sinal de aumento de vendas é bem recebido pelo comércio.”

De acordo com dados da Boa Vista SCPC, sempre na comparação com 2017, o movimento do comércio cresceu 3,2% na Páscoa, 4% no Dia das Mães, 2,2% no Dia dos Namorados e 2,8% no Dia dos Pais.

Hábitos de consumo

Pesquisa de hábitos de consumo realizada pela Boa Vista SCPC com 1.8 mil consumidores em todo o País, entre 23 de agosto e 20 de setembro, aponta o crescimento de cinco pontos percentuais na intenção de compra de presentes para o Dia das Crianças, comparado ao mesmo período de 2017.

Segundo apontou a pesquisa, 70% dos consumidores disseram que irão comprar presentes para comemorar a data. E os brinquedos são os preferidos de 50% dos consumidores entrevistados, seguidos por itens de vestuário e eletrônicos.

O gerente da Maravilhas do Lar, Ivan Carvalho dos Santos, confirma a preferência por brinquedos. Mas não daqueles mais simples, como carrinhos. Segundo ele, apesar de a rede trabalhar com grande variedade de produtos mais populares, os brinquedos na faixa de R$ 150 são os mais vendidos. “Temos uma procura grande pela boneca Baby Alive”, afirma. “Já os meninos preferem os dinossauros e os bonecos de super-heróis”, afirma.

O gerente da rede Ciranda Brinquedos, Emerson Grosseli, também cita a Baby Alive como a preferida na intenção de compra. “Jogos de ação, massinhas para modelar,  slime e Fur Balls Pets adotados também são produtos procurados para a data.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *